Calçado ou não? Eis a questão

O uso de sapatos nos cães é um cuidado ou uma futilidade? Conheça os prós e os contras desta moda que já inclui botas, tênis e até sandálias.

Sapatos para cães; benefício ou futilidade? (foto: miss kAz)

Com o crescimento da indústria da moda e a exigência cada vez maior do público consumidor de produtos para animais de estimação, o Brasil é responsável por movimentar, anualmente, mais US$ 10 bilhões no mercado pet, que inclui alimentos, medicamentos, higiene, estética, centros de adestramento e hotéis para atender cerca de 48 milhões de animais de estimação.

Com tudo isso, usar calçados no dia-a-dia já deixou, há tempos, de ser exclusividade dos seres humanos. Botas, tênis e até mesmo sandálias de todas as cores e marcas para cães podem ser facilmente encontradas em lojas especializadas em venda de produtos para o mundo pet. Mas a questão é: será que os sapatos para cães incomodam ou prejudicam o cachorro de alguma forma?

Especialistas apontam que, como tudo na vida, os sapatos para cães têm seu lado positivo e negativo. Dentre as vantagens, pode-se citar a higiene (já que, ao chegar em casa, os cães estão com as patas limpas, uma vez que estavam dentro dos calçados) e a proteção das patas contra queimaduras e eventuais machucados causados por espinhos, vidros e outros tipos de materiais.

Contudo, há profissionais que combatem veementemente o uso de tais acessórios, alegando que esta não é a condição natural do cão, que são desconfortáveis e ainda podem prejudicar sua postura e equilíbrio. Além disso, uma das desvantagens é que, se usado freqüentemente, os sapatos podem impedir que o cachorro lixe naturalmente suas unhas ao caminhar resultando em unhas grandes demais. Um inconveniente para o cão e seu dono.

Mesmo assim, os donos que querem calçar seus cães devem procurar seguir algumas dicas:

  • Acostume os cães a usarem sapatos desde filhotes para que, futuramente, não tentem retirá-los;
  • Observe se o calçado é confortável e anatômico;
  • Preste atenção ao tamanho da pata do seu cão: calçados apertados ou grandes demais incomodam e podem acabar machucando as patas;
  • Utilize o calçado durante o passeio, deixando-o com as patas livres quando estiver dentro de casa, pois o uso por muitas horas pode ser prejudicial ao animal. Lembre-se de que esta não é a sua condição natural.

Os sapatos para cães podem ser adquiridos por, em média, 60 reais em lojas do setor.

Um outra boa idéia é acompanhar as novidades em eventos como a Pet Fashion Week que sempre trazem novidades e tendências no ramo de animais de estimação.

Tags: , , , , , ,

A DogDicas possui uma equipe multidisciplinar, formada por médicos veterinários, criadores e profissionais web.

Visite seu site | Leia outros artigos de admin



Comentários





Comentários

Um comentário para “Calçado ou não? Eis a questão”

  1. Kellen

    Muito boa a dica!! Comecei a fazer quimioterapia e minha medica disse pra eu ter cuidado com os afagos com meu cocker… eu não consigo deixar de abraça-lo e beija-lo todos os dias…o passeio poderia ser um problema uma vez que ele pode trazer bacterias para casa e com a minha imunidade baixa eu posso facilmente pegar uma infecção. A sugestão da médica foi aderir o tenis para cães assim posso continuar meus passeios com meu filhinho pois ele ama, e assim me protejo tambem!!