Cinomose

Leitor diz que durente o período de vacinação, seu yorkshire teve contato com um cão que morreu de cinomose. Pergunta sobre riscos de contaminação e sintomas.

No intervalo entre a 1° e a 2° dose de vacinação, meu yorkshire (de 5 meses) teve contato com outro cão que morreu devido a cinomose. Gostaria de saber qual o risco dele ter contraído a doença, sinais de alerta e em quanto tempo eles podem aparecer. Caso se confirme esta possibilidade como devo proceder?
(Rafael Cassaro)

Rafael,

existe sim o risco em se contrair a doença, uma vez que a imunidade dada pela vacina (no caso dos filhotes) só é garantida após a terceira dose. Porém acredito que você não deva se preocupar, pois pelo tempo de uma possível exposição ao vírus, seu cão já teria apresentado os sintomas da doença (aparecem poucos dias após a infecção).

Os sintomas incluem: vômito, diarréia, corrimento nasal, espirros, corrimento ocular mucopurulento, febre e sintomatologia nervosa (desorientação, cabeça pendente, convulsões e etc).

Caso haja algum desses sinais leve seu cão imediatamente ao veterinário, que irá administrar a terapia adequada.

Espero ter ajudado e conte sempre com a gente.

Tags:

Fernanda Martins é médica veterinária formada pela UFRRJ (CRMV-RJ 7783) e especializada em pequenos animais.

Visite seu site | Leia outros artigos de Fernanda Martins



Comentários





Comments are closed.