Cesar Millan participará da refilmagem de A Gangue dos Dobermans

By Dog Dicas on 29 de novembro de 2010

Cesar Millan acena para fotógrafos
Cesar Millan acena para fotógrafos na 24ª Premiação Anual da Imagen em Beverly Hills em 2009 (foto: AP / Chris Pizzello)

A Gangue dos Dobermans” um dos mais famosos filmes de cães do mundo, e com certeza o mais famoso envolvendo Dorbermans, será refilmado com a participação de Cesar Millan. O comportamentalista e apresentador do programa de TV “O Encantador de Cães”, em parceria com o produtor Darren Reagan, está usando sua influência em Hollywood para trazer a trilogia de volta aos cinemas.

“Era um sonho meu de muito tempo fazer parte do remake deste filme. Esse era um dos meus filmes favoritos quando criança e é uma honra fazer parte de um filme que traz essa grande estória de volta à vida. Assistir o poder da matilha na tela grande é um verdadeiro sonho pra mim”, disse Millan.

“A Gangue dos Dobermans” foi produzido em 1972 e conta a estória de um criminoso que com a ajuda de um ex-combatente do Vietnã, expert em adestramento, resolve treinar Dobermans (raça mais temida da época) para realizar assaltos à bancos. Os seis cães tinham nomes de criminosos famosos: Dillinger (John Dillinger), Bonnie (Bonnie Parker), Clyde (Clyde Barrow), Pretty Boy Floyd, Baby Face Nelson e Ma Barker.

Apesar do baixo orçamento, o filme foi tão popular que ganhou duas continuações e fez com que uma geração inteira temêsse e admirasse a raça, ao mesmo tempo em que a tornou amplamente conhecida por sua disciplina e ferocidade, iniciando um culto de seguidores que até hoje lembram com respeito da matilha de orelhas pontudas do filme.

Cesar ainda não decidiu se vai aparecer no longa ou apenas ficar nos bastidores, mas está animado com a produção.

Lassie – a Collie popstar

By Dog Dicas on 6 de outubro de 2009

Lassie
Lassie, em filmagens na Flórida para a série de TV em 1965 (foto: State Archive of Florida)

Lassie é o personagem canino que mais fez sucesso na mídia em todo mundo. Para quem não sabe, se tratava de uma carismática e inteligente collie, que salvava a todos do perigo. Lassie foi criada pelo autor anglo-britânico Eric Knight no conto ‘Lassie Come-Home’, publicado no Saturday Evening Post em 1938 e como romance em 1940 (no Brasil, ‘A força do coração’).

Na estória, um menino possui uma collie excepcionalmente bela e leal, mas que é vendida a um nobre quando a família enfrenta graves dificuldades econômicas. Ambos sofrem com a separação, acentuada quando o novo proprietário a leva para centenas de quilômetros de distância. Mas Lassie consegue escapar e volta para o menino.

O livro foi adaptado para o cinema em 1943 e co-estrelado por Roddy McDowall e Elizabeth Taylor, respectivamente com quinze e nove anos de idade. O filme foi um sucesso e teve uma resposta favorável da crítica, o que fez a MGM produzir, nos anos seguintes, novos filmes com Lassie.

Na TV sua carreira teve início em 1954 em uma série no canal CBS (EUA), mas ao contrário do livro e dos filmes criados na Grã-Bretanha, a série de televisão norte-americana trouxe Lassie para uma fazenda nos Estados Unidos dividindo a cena com mais de uma criança. Posteriormente com trabalhadores florestais adultos e, finalmente, com crianças de um lar para crianças com problemas.

A série durou até 1974 com a marca de 588 episódios e ganhou dois prêmios Emmy. Mas as aparições de Lassie continuaram em filmes, séries, livros e comerciais por mais de 50 anos.

O primeiro cão a estrelar o papel de Lassie foi “Pal”, um collie treinado pelo Studio Dog Training School (posteriormente por Frank Freeman, futuro treinador de Benji).

Curiosamente, todos os cães que interpretaram Lassie eram machos. Na verdade, Lassie personagem nunca foi representada por uma fêmea. Os estúdios alegavam que a fêmea perde seu manto uma vez por ano e que o tamanho maior do macho era mais adequado para dividir as cenas com atores infantis.

Para perpetuar o porte e a pelagem de Lassie, Pal foi criado com fêmeas selecionadas e o uso de um cão da linhagem direta de Pal para interpretar a heróica collie é uma exigência dos fãs. Além de Pal, oito gerações de seus descendentes também interpretaram Lassie.

Algumas curiosidades sobre Lassie:

  • O desenho das labaredas e do grande avental branco do manto são registrados juridicamente;
  • Lassie é um dos três animais com uma estrela na calçada da Fama – ao lado de Rin Tin Tin e Strongheart. Além disso foi eleita o animal mais popular do cinema com 54% dos votos contra 22% do porquinho Baby e 11% da coruja Hedwig, de Harry Potter;
  • Em 2005 um remake do original ‘Lassie Come Home’ foi produzido no Reino Unido com Peter O’Toole e Samantha Morton;
  • Lassie continua a fazer aparições pessoais, bem como possui uma linha de comercialização de alimentos para animais e um programa de TV chamado “Lassie’s Pet Vet”, nos Estados Unidos.