Cachorro na cama, pode?

Cachorro na cama

Especialistas não recomendam cães na cama dos donos  (foto: Vincent Garcia / Flickr)

O dilema de dividir ou não a cama com seu cão atormenta muitos proprietários, que, na maioria das vezes, geram esse hábito nos animais enquanto ainda filhotes e precisam de ajuda para subir na cama. Contudo, o ato de carinho pode se tornar um problema com o passar do tempo. Mas, afinal, é certo que os proprietários dividam a cama com seu animal?

Segundo a pesquisa Radar Pet, realizada em 2010 pela Comissão de Animais de Companhia (Comac), do Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Saúde Animal (Sindan), 55% dos cães brasileiros passam a noite dentro de casa, dos quais 23% ficam no quarto dos proprietários e 12% têm seu próprio quarto. Os demais 11% passam a noite na sala e apenas 9% dorme no banheiro ou na lavanderia.

Apesar do resultado da pesquisa, para muitos especialistas não é recomendado que os cães, assim como acontece com as crianças, durmam na mesma cama que os ‘pais’. A medida serve para evitar, principalmente, a possessividade, carência e até mesmo a agressividade do animal quando alguém se aproxima de seu dono. Além disso, dormir junto com o cão pode ser prejudicial se o animal não estiver devidamente higienizado.

Para aqueles que não abrem mão da companhia do cão na hora do sono, as recomendações são vermifugação e vacinação do animal em dia; higiene das patas antes de colocá-lo na cama (pode-se até utilizar um secador após lavar as patas para evitar que fiquem úmidas) e troca diária de lençóis e fronhas.

 dormir junto com o cão pode ser prejudicial se o animal não estiver devidamente higienizado

Já para os proprietários que querem abandonar o costume, a tarefa é um pouco mais difícil, mas não impossível. Seguem as dicas: A primeira coisa a se fazer é escolher uma cama confortável e ideal para o tamanho do animal. Em segundo lugar, não permita mais que o cão suba na sua cama e, caso o faça, você deve retirá-lo imediatamente e repetir a ação sempre que o animal insistir.

Uma orientação para facilitar a separação entre o dono e o cão na hora de dormir é passear todos os dias com o cão antes de dormir com o objetivo de cansá-lo, para que ele adormeça facilmente. E finalmente, conduzir o cão até a nova cama dele, tirando-o do seu colchão caso volte a subir.

Para ajudar o cão a se acostumar com o novo local de descanso, a dica é colocar a cama dele no ambiente onde ele está acostumado a dormir (no quarto ou na sala, por exemplo), deitar-se ao lado dela, chamar o animal pelo nome, usando comandos como ‘cama’, ‘senta’, ‘deita’ e ‘fica’ (recompensando-o sempre que acertar) e acariciar o cão até que ele relaxe e adormeça.

A tarefa pode ser um pouco cansativa, sim, mas especialistas garantem que o cão logo assimila o novo espaço para dormir e o resultado aparece em até uma semana.

DogDicas

A DogDicas possui uma equipe multidisciplinar, formada por médicos veterinários, criadores e profissionais web.

Ver outros
21 Comentários
  • Lilian Rondelli

    11 de agosto de 2015, 11:28

    oi pessoal!!!
    tenho uma yorkshire que se chama Meg tem 1 ano e 6 meses ela dorme comigo e meu marido no meio dos 2 estou tentando tirar ela da cama , mas morro de dó porque ela passa o dia todo sozinha , e a noite quer ficar no meio , tenho medo sim de pegar alguma doença, mas a minha dó e amor é maior que isso, mas tenho duvidas se estamos fazendo a coisa certa, ela cava pra entrar no meio dos 2 na cama, e pretendemos ter filhos, o que eu faço?? não quero que ela se sinta sozinha e despresada!!! Lilian e Francisco e Meg bjus

  • janaina

    23 de maio de 2015, 00:48

    e com prazer que falo da minha cachorrinha que sim chama morena ela e uma puda bem fofa e linda de mais inteligente ela morre de ciumes de mim nossa mais e tanto amor que ela sente por mim que mim da ate mendo mais eu amo de mais ela nossa gente só que dormi na cama pareçe gente dormino kkkk mais faz parte da nossa familia pra mim e uma filha os vizinhos fala que eu gosto mais da cachorra de que meus filhos nada amo todos iguais olha ate quando vou levar meus filhos pra escola pra medicos ela vai também não sou louca não só amor mesmo po morena kkkkk meu nome e janaina

  • Claudemir de Souza

    8 de março de 2014, 23:00

    Nossa sera difícil eu me separar deles, pois a 1ª tem 4anos e dorme deste então, o 2º é filho da 1ª e por ultimo a 3ª que é filha dos dois(Belinha, Leo e Lua, poodle) não consigo me ver sem eles na minha cama, mas vou tentar me seperar deles, eles ficam em casa e quase não saem na rua.

  • Anita

    6 de outubro de 2013, 20:20

    Tenho dois pinscher e eles dormem comigo
    o macho gosta de dormir nos meus pés e a fêmea dorme
    na caminha dela no chão até umas 4h da manhã
    quando vem a friagem da madrugada ela sobe e deita embaixo
    da coberta com a cabeça no meu travesseiro parecendo gente kkkkk
    Mas não me incomodo, eu os amo tanto.
    Porém não tenho problemas com possessão com eles, muito pelo contrário
    eles adoram visitas, fazem a maior festa ( desde que não batam os pés pra eles)
    Quando saio de casa, deixo sempre uma coberta em cima do sofá pra eles
    além das caminhas que ficam no quarto e tem caminhas na área da frente também, deixo palitinhos pra eles se divertirem e quando volto é a maior festa
    Acredito no amor incondicional deles e, todo ser é adaptável, se um dia eu faltar, a natureza vai se encarregar de evoluir a condição deles
    Eu não vou deixar de amar e aproveitar o amor que eles me dão, só porque alguns acreditam que eles podem sofrer se eu não estiver, se fosse assim a gente nem deveria ter animais porque a qualquer momento podemos morrer!
    Aproveite, ame seu bichinho, dê todo o carinho, cuide direitinho e deixe sim ele dormir na sua cama, afinal eles vivem tão pouco com a gente nesse mundo pra que isso seja retirado deles! 😉

  • Deka

    10 de agosto de 2013, 11:42

    Coisa mais besta esta paranóia com higiene! É por isso que tem tanta gente no hospital, se colocam numa redoma de vidro desde criança e acabam não formando imunidade para o corpo! Acho que deve haver um bom senso. Meu cachorro dorme comigo há 10 anos. Não troco lençol todo dia, e nem por isso minha cama é suja! Meu cão é limpo, mas sem paranóia, assim como eu. E vivemos felizes todo este tempo. Amo dormir com ele, meu grande amigo querido. Nunca tive problemas. Vamos tornar a vida mais simples e natural, cuide bem do seu bicho e ele de vc e pronto! Chega de tanta frescura científica!!

  • Liliane Marques

    6 de maio de 2013, 18:43

    Olha, tenho 5 cães, todos dormem dentro de casa mas 1 só dormia comigo de vez em quando, quando meu marido viaja. Tenho observado que ela fica agressiva quando está na cama. A Luna tem 5 anos e está comigo desde os 2 meses, ela é a lider da matilha. Fico imaginando o seguinte: Ela é a lider e na hierarquia dos cães eu estou acima dela, mas ela divide o mesmo espaço comigo e ataca qualquer outro cão que se aproxime. Conclusão não deixo mais ela dormir em minha cama, isso não está sendo bom para a harmonia dos cães.
    Abraços!

  • elzaapda marmol preres

    13 de outubro de 2012, 10:56

    arrumei uma cadelinha pois estou com depressão e a medica me recomendou mais estou muito preocupada pois a rua onde mora esta enfequitada por carrapatos estrela tenho medo que ela fique doente me ajudem por favor obrigada desde ja

  • Andrea

    6 de setembro de 2012, 08:09

    Minha cachorrinha também dormi comigo e meu marido, no meio de nós dois, nunca tive problemas com isso, morro de dó de deixa-la dormi do lado de fora da casa, na lavanderia mesmo tendo uma caminha confortável dentro da casinha, não tenho filhos, e ela preenche este espaço.
    Meu marido também adora, e mima muito ela.

  • alice

    19 de abril de 2012, 19:56

    eu amo cachoros s2s2s2s22s

  • mára

    19 de março de 2011, 21:39

    Olá!!!eu tinha uma gata chamada mel.
    ela dormia comigo,era minha filhinha.eu sou sou catarinense.
    mais casei moro no espirito santo.eu tinha que vim para cá.
    com muita dor no coraçao,tive que deixar ela para trás.
    sofri muito mesmo,como ela tanbém ficou sofrendo.
    para que eu não entrasse em depressão,ganhei uma cachorrinha.
    nome dela coloquei mel,ela dormi comigo e meu marido.
    graças a deus,numca aconteceu de ela passar doença.
    pelo contrário ela passa muito carinho.
    minha cachorrinha,é meu tudo…é minha filhinha,eu não posso ter filhos.
    PESSOAL VAMOS DEFENDER OS ANIMAIS,NÃO SO OS NOSSOS.
    ELES PRECISAM DA NOSSA DEFESA.OS ANIMAIZINHOS,SÃO TUDO PARA NÓIS,MUITO MELHORES QUE MUITO SERHUMANOS POR AI.
    meu nome é MÁRA.
    OBRIGADA!!PELA TENÇÃO.
    FELICIDADES COM SEUS BICHINHOS!!!
    S

  • Maria Júlia

    1 de janeiro de 2011, 17:24

    Eu gostei muito do que li. Obrigada. A minha cachorrinha morreu mas eu vou comprar outra ou outro cachorrinho para mim. A minha mãe não deixa eu dormir com cachorros, mas eu queria, então vou tentar convense-la a me deixar dormir.
    O meu nome é Maria Júlia eu tenho 10 anos, e sou apaixonada por cães !

  • Rita de Cássia

    17 de novembro de 2010, 09:53

    Olá, tenho uma Beagle, Theodora que está com 4 meses. Desde pequena dorme na caminha dela, chorou nos primeiros dias mas eu levantava de 2 em 2 horas para acalma-la mas deixava na cama dela na sala. Hoje deixo ela subir na minha cama somente no domingo quando quero levantar mais tarde. Ela vem arranha minha porta pra me acordar eu deixo ela entrar e consigo dormir mais um pouco. E é sempre no final de semana que troco a roupa de cama então fica tudo tranquilo!
    Bjos

  • Jocelaine

    13 de novembro de 2010, 16:44

    Meu teckel dorme comigo desde filhote, não vejo nenhum problema neste comportamento, ele não ficou mais ciumento ou possessivo por isto.
    Tinha uma cama de casal, era melhor, ele tinha mais espaço e eu também hahaha, quando troquei por uma de solteiro achei que ele iria estranhar,que nada, me expremo no canto para ele ter mais conforto.
    Ele só sossega depois de uma certa hora da noite quando eu me deito, se eu não deitar ele fica perdidinho, me seguindo pela casa com cara de sono e chorando baixinho.
    Amo meu pitoco.

  • Aline

    9 de novembro de 2010, 19:18

    Olá! tambem sempre dormi com minha cachorrinha na cama e nunca tive nenhum problema, a nao ser quando ela me acorda querendo brincar às 2 da manhã!! rsss
    Mas com relação a doenças, nunca tive absolutamente nada, acho que depende de pessoa pra pessoa. Essa mania comecou quando ela era filhotinha, tentamos acostumar ela a dormir na lavanderia mas ela chorava tanto, que dava dó. E assim foi.. me lembrou o desenho ‘a dama e o vagabundo’ rs

  • Milena

    9 de novembro de 2010, 12:07

    Faz mais de três anos que divido a cama com meus cães, eles por cima da colcha e eu por baixo do lençol.
    Depois da minha separação, foi a melhor solução para superar a solidão.
    Quando está muito frio eu ponho o cobertor deles por cima. Assim que se esquentam, eles costumam tirar.
    Nunca tive nenhum problema de saúde e muito menos paranóia de excesso de higiene.
    Troco a roupa de cama toda a cada 3 ou 4 dias e elas são bem peludas! kkkkkkk
    Eu acho que é tudo uma questão de cabeça e de níveis de sintonia com a natureza!
    Quanto a eles ficarem mais possessivos e ciumentos, eu CONCORDO e não me importo com isso! Muito pelo contrário, eu acho maravilhoso e confio a minha vida a eles e eles a mim! SOMOS CÚMPLICES E AMIGOS ÍNTIMOS! rsrsrsrs